20 de out de 2010

sem pés nem cabeça



Acordar, se arrumar, estudar, ônibus cheio, namorar, estudar, ajudar mamãe a arrumar a casa, estudar, ouvir reclamações, colocar comida para o cachorro, estudar, ver tv, tomar um banho, estudar e dormir. Para no dia seguinte, começar tudo de novo.
Uma rotina cansativa, mas que não pode ser ignorada. Como lidar com isso? Na realidade, nem eu sei. O que sei é que passo por isso, e, na folga do fim de semana, não dá nem para sair. Tédio total. Pra falar a verdade, não é bem tédio, pois, a um tempo atrás eu nem me interessava muito em sair, em me arrumar, e afins. Apenas um lápis de olho e uma ida a praça já estava de ótimo tamanho. Mas o tempo passou, ganhei meu notebook, e, a internet, veio junto. O meu gosto por escrever, e a vontade de mostrar ao mundo que existo, me fez mudar. Mudar para melhor, ou não. Mas mudar. E agora, ao dizer que quero um blush, coisa que no inicio do ano, eu odiava, todos me olham meio 'diferente' e dizem: - Acho que não é a Paula que está aí. Mas acreditem, sou eu. Fases de mudança, nossa, quantas. E a adaptação? Nada fácil. Pois amo o gostinho de indepedencia. E independencia com dinheiro do papai não pode, né?!
Agora voltando a lidar com a rotina, continuo sem saber. Na virada do ano, em 2011, eu vou estar no 3º ano! - como passa rápido! - . E a rotina aumenta O: . Como lidar? Continuo sem saber. Mas um dia, assim que eu descobrir, passarei a frente. Se um dia eu descobrir, talvez continue assim. Pois é assim, nesse meio bagunçado, confuso, e só meu que eu me entendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)