7 de dez de 2010

Amar não é possuir


Pois é, andando por aí, os vejo passeando, sem o direito de falar com pessoas do mesmo sexo. Em um universo onde as mulheres só podem ter amigas e o os homens amigos. Isso acontece frequentemente, até entre conhecidos.
A frase que mais ouço é: “Ah, eu não posso chegar com esse nome escrito aqui, porque senão meu namorado, nem sei.” E eu digo: Ah, você não pode ter amigos? E me respondem: Não é isso, sabe, é que, assim... E ficam sem me responder.
E eu fico tentando entender esse amor. Onde você é a única mulher no mundo e ele o único homem. Às vezes me pergunto se é insegurança. Às vezes apenas tento entender. Mas ainda não consegui. Ainda não consegui distinguir esse tipo de 'amor', que na minha opinião se chama 'posse'.
Ninuém gosta de se sentir sufocado. Todos gostam de ter amigos. E, outra coisa, ao deixar seu (sua) namorado (namorada) ter amigos (amigas), você pode ao invés de estar perdendo o parceiro, estar ganhando cada vez mais.
C-O-N-F-I-A-N-Ç-A. Essa é a palavra chave.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)