9 de jan de 2011

Poderia não ser assim



Eu não queria precisar tanto de ter você por perto. Mas você chegou, aconteceu. Eu não queria ser tão dependente desse amor. Mas você chegou, aconteceu.

E de repente tudo mudou. Ela só queria saber como era sentir o “amor”. E sentiu. Mas ela queria essa sensção apenas por minutos -segundos, se possível- Mas você chegou. Seu mundo não era mais o mesmo. Toda aquela personalidade um tanto “difícil” foi quebrada graças a você. E hoje? Ela só queria um tempo para pensar. Ela não queria depender disso tudo -principalmente do seu amor- mas você a fez feliz. Por uns meses. Depois de tudo isso, você ainda diz que a ama. Mas, desse jeito? Ainda quer voltar? Um completo I-D-I-O-T-A ela pensa. Mas, ela também se acha trouxa. Afinal, depois de tudo, ela ainda te ama. Ou diz amar. A desculpa é sempre a mesma: “eu não posso mandar em meu coração”. Mandar no coração... talvez ela não entenda que o cérebro comanda tudo. Mas enfim.. quem sabe ela realmente é uma trouxa. E sempre antes de dormir, ela pensa: “eu poderia não ter desejado o amor naquele dia. Mesmo que por alguns minutos -ou segundos-”

Mas um dia isso vai mudar
Eu espero.
Ela espera.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)