3 de mai de 2011

Faroeste Caboclo O Filme


Fala ae galerinha, tudo blz?

Hoje nos iremos falar de cinema, é do cinema nacional, mais este tem um valor muito especial, pelo menos para mim e para a minha amiga blogueira Paula Fliess, Querem saber o porque? Vou dizer, Este filme e baseado na musica que eu mais gosto de ouvir, que foi composta pelo melhor, cantor, compositor e tudo terminado em or. Estou Falando da musica Faroeste Caboclo, musica composta por Renato Russo em 1979 que só foi lançada em 1987 no álbum Que País É Este, 1978/1987, uma musica que virou fenômeno nas rádios mesmo com os seus 9’03 minutos de duração.
A canção é de difícil execução devido ao tamanho da letra: 168 versos. A harmonia e o ritmo, contudo, são extremamente simples. Apesar da duração incomum para uma canção popular (9'03"), há duas outras composições de Renato ainda mais extensas: Metal Contra as Nuvens (11'22") e Clarisse (10'32").
Foi apresentada pela primeira vez no Morro da Urca em 1983. A canção foi censurada, junto com Conexão Amazônica, do mesmo disco, mas por razão diferente: a presença de palavrões, enquanto "Conexão" foi sensurada por causa da temática, sobre o tráfico de drogas. Porém, em "Faroeste", foi feita uma edição onde se colocou um sinal sonoro sobre os palavrões. Com isso, a música foi liberada para radiodifusão.


A música está sendo adaptada ao cinema por René Sampaio, com roteiro de Paulo Lins.

Frases sobre a letra

Eu acho legal que as pessoas gostem da história. Um motorista de táxi, outro dia, me disse que tinha um amigo que comprou a fita porque era, exatamente, a história do irmão dele. O cara tinha saído de Mato Grosso e ido a Brasília, e morreu num tiroteio no Nordeste. E a canção é totalmente fictícia. Acho que Faroeste Caboclo é uma mistura de Domingo no Parque de Gilberto Gil, e coisas do Raul Seixas com a tradição oral do povo brasileiro. Brasileiro adora contar história. E eu também queria imitar. Renato Russo em 1988.


Mais voltando ao Filme
Faroeste Caboclo
Não tinha medo o tal do João de Santo Cristo
Era o que todos diziam quando ele se perdeu
Deixou pra trás todo o marasmo da fazenda
Só pra sentir no seu sangue o ódio que Jesus lhe deu"

A estrofe inicial da canção "Faroeste Caboclo", sucesso da Legião Urbana, é bem conhecida dos fãs da banda. São nove minutos e três segundos de duração, trazendo a saga de João de Santo Cristo ao deixar sua terra natal rumo a Brasília, capital do país. Lá vira bandido, se apaixona por Maria Lúcia e enfrenta Jeremias, o principal traficante da área. A história é famosa e, por muitas vezes, levantou a possibilidade da realização de um filme. Pois agora ele enfim sairá do papel.


Já foi definido o elenco do filme.


será dirigido por Renê Sampaio, estreante em longa-metragens, e produzido pela Gávea Filmes. O elenco principal está também definido. Fabrício Boliveira, o Cavanha de 400 Contra 1 - Uma História do Crime Organizado foi escolhido para dar vida a João de Santo Cristo. Ísis Valverde debutará no cinema interpretando Maria Lúcia, enquanto que Felipe Adib (180º) será Jeremias.
Ainda não há data marcada para a estreia de Faroeste Caboclo nos cinemas, mas a expectativa é que isto aconteça apenas em 2012.

Outro filme relacionado à Legião Urbana em andamento é Somos Tão Jovens, que trará a adolescência do cantor Renato Russo. Antônio Carlos de Fontoura (Gatão de Meia Idade) será o diretor, com Thiago Mendonça (2 Filhos de Francisco) como intérprete do vocalista e líder da banda.


Ate a proxima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)