12 de jul de 2011

não tem um título

 
A primeira vez já passou. Não queria viver a segunda. Mas pelo jeito, já estou vivendo.
É sério. Me diz, por que tem que ser assim? Você com esse olhar, esse sorriso, esse cheiro que insiste em ficar. Posso dizer que odeio tudo isso? E, posso também adimitir que dizer que odeio, é mentira?
Lá dentro é tudo tão confuso.
O certo e o errado se misturam, a mão e contra-mão, viram uma só.
E sabe o pior disso tudo? Muitas vezes tentaram, mas foi você. A primeira passou, e você ficou. Ficou para a segunda acontecer. É de propósito? Espero que não. E espero que saiba que magoa. Além de confunfir, é claro!
Isso me faz acreditar que a vida é um teste. Será que fui reprovada no primeiro, e tenho que fazer de novo?
Quer saber? Eu faço. Quantas vezes forem necessárias. Faço quantas vezes eu puder!  - recado dado -
Ah, já ia me esquecendo. Quanto a você: topa tentar de novo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)