13 de out de 2011

Se um dia eu pudesse ver



Se um dia eu pudesse ver meu passado inteiro, talvez choraria. E daria boas risadas. Bateria uma nostalgia e uma vontade de mudar maior ainda. Faria o possível – e quem sabe o impossível – para não me arrepender. Arrependimento não iria mudar. Afinal, eu só estaria vendo o passado.
Viria a vontade de re- fazer, re- pensar, re- falar. Re-viver. Seria aí uma dose de arrependimento? Acho que não. Talvez fosse apenas vontade de saber como seria o agora, com o antes diferente.
Se um dia eu pudesse ver meu passado inteiro, reveria. Sem dor na consciência, sem pensar no “what if”. E vocês, como reagiriam?

2 comentários:

  1. Olá Paula!
    Comento com uma frase de Rubem Alves: “Se eu pudesse viver minha vida novamente, eu a viveria como a vivi porque estou feliz onde estou.”
    Tenha uma excelente quinta-feira!
    Abraço de blogueiro navegante.

    Quero lhe convidar para que diga o que é pra você ‘O namoro foi um filme’ no http://jefhcardoso.blogspot.com/

    “Que a escrita me sirva como arma contra o silêncio em vida, pois terei a morte inteira para silenciar um dia” (Jefhcardoso)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto, muito bom!

    http://www.gravidadeartificial.com/

    ResponderExcluir

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)