24 de fev de 2011

A-M-O-R



Amor, um sentimento que toda menininha sonha em sentir um dia. Para elas, um sinônimo de amor é conto de fadas. E o dizem que sentem isso pelo primeiro garoto – geralmente mais velho – mais bonitinho que vêem.
Vai entender.
O tempo vai passando, e percebemos – eu e todas vocês que já foram garotinhas – a grande diferença entre amor e paixão. Nos apaixonamos por várias pessoas, várias coisas, e tudo que gostamos muito.
No inicio da adolescência, nos apaixonamos por – quase – todos os “gatinhos” que vemos. Às vezes, quando as borboletas ficam cada dia mais vivas, ainda assim achamos que é amor. O tempo passa, e vemos que não é. O mais incrível, é que o amor que sentimos pela nossa mãe é diferente do que vamos sentir por um garoto. Assim fica difícil, né?
O tempo, mais uma vez vai passando, e um dia a gente descobre que estamos amando. Não é tao diferente da paixão, mas ao mesmo tempo, tudo é diferente. Não entendemos. Só sabemos que amamos.
Talvez a maior diferença, esteja no que vem junto com o amor: algumas vezes medo, outras mais felicidade do que o normal, sometimes um preocupação fora de sério. E, na maioria das vezes, ciúmes. Que às vezes é um cuidado muito grande com algo que, querendo ou não, faz parte de nós.
O amor às vezes me complica, as vezes me explica. Vai entender.
Uma simples palavrinha, com significados – que vão além dos dos dicionários – tão complexos
A-M-O-R

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)