2 de jul de 2011

Revolução fotografica

Me desculpem pelo abando que eu tive para com vcs, so que eu tive um probleminhas e não tive nem disposição de chegar na tela do pc, mais agora eu estou de volta e com uma MAQUINA melhor em todos os quesitos, mais hd 1TB, mais memoria 8gb, mais processador um itrl i9 que trabalha muito bem e o melhor NÃO E O RUIMDOWNS agora e o melhor os ja criado em todos os tempos Linux . Mais por em quanto eu não darei certeza de posts com frequencias, ja que ainda estou tentando resolver mes problemas.

Mais vamos deixar de delongas e vamos começar.




Nova fabricante de câmeras promete “revolucionar a fotografia”



Antigamente se tirássemos fotos desfocadas, tínhamos de apagar a foto e bater novamente, agora com um novo tipo de câmera isso não será mais preciso.

Vc já imaginou tirar uma foto desfocada, e em um simples toque mágico, a maquina focalizar dentro dela mesmo. Isso mesmo, nada mais de usar photoshop, perder tempo apagando e tirando outra e outra ate acertar o foco.
A empresa Lytro quer revolucionar o mundo das fotografias digitais, ela quer colocar no mercado as Light Field Cameras (também conhecidas como Câmeras Plenópticas) ainda este ano. Este tipo de equipamento captura a cor, intensidade e direção de cada raio de luz que compõe a imagem, em vez da imagem como um todo, permitindo que o foco seja alterado mesmo depois que a foto tenha sido feita.
Em declaração ao Wall Street Journal o fundador e CEO da Lytro, Ren Ng, comparou sua tecnologia a uma gravação de áudio em múltiplas pistas, onde cada instrumento é gravado separadamente e o resultado é “mixado” depois. Uma galeria de imagens no site da Lytro demonstra o conceito com algumas fotos interativas. Basta dar um clique em uma área da imagem para mudar o ponto focal. 
Segundo a empresa, suas câmeras também funcionam em pouca luz sem flash, e podem produzir fotos 3D com uma única lente. “Temos algo especial aqui”, escreveu Ng, “Nossa missão é mudar a fotografia para sempre, transformando as câmeras tradicionais em peças de museu”.
É um objetivo ambicioso, especialmente em uma época em que os smartphones já estão ameaçando as câmeras digitais tradicionais. Mas se as primeiras câmeras da Lytro realmente forem melhores e mais convenientes, podem se tornar uma ameaça às câmeras digitais mais sofisticadas e às DSLRs. Isto dependerá do preço e portabilidade, que só iremos conhecer em alguns meses.

Agora, como um excelentíssimo fotografo que sou (kkkk), poderei ate trabalhar como um fotografo de casamento, pois toda vez que eu tentei tirar fotos dos noivos entrando na Igreja, eu so conseguia tirar foto borrões brancos e pretos.kkkk
Deixem sua opinião nos comentários sobre isso. Ah!!! Se alguém souber de uma câmera a prova de água e de preferência a água do mar me de umas dicas, estou precisando comprar uma para poder mergulhar e não ter que pagar a fotografia com valor absurdo da operadora de mergulho. Ela pode chegar a te 3m de profundidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)