25 de out de 2011

Coração de Papel


Guardo comigo um coração. Não partido, apenas amassado. Com umas letrinhas azuis, não entregues a mim pelo criador. Mas por um, quem sabe, favor devolvido.
Espero que esse favor devolvido não cause aquelas coisas que ele causou comigo. Aquelas coisas que aconteceram a um amigo. Desagradáveis.
Quero que esse coração me traga apenas boas lembranças, apenas coisas boas. Mesmo que não aconteça nada, me lembre de um história por mim, inventada.

P.S.: Passei um tempo analisando o tal coração. De repente me veio, que ele poderia ser um lindo pingente de cordão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)