23 de ago de 2012

abre aspas: Que diferença fará


Que diferença fará daqui a 100 anos se você morou num palacete ou numa casinha alugada? Se usou roupas sob medida ou compradas em liquidação? Se passou férias na Europa ou no quintal de casa? Se comeu filet mignon ou feijão com farinha? Se dormiu em um colchão de espumas ou em uma esteira? Se possuiu automóvel de luxo ou andava de ônibus? S teve empregado às suas ordens ou fazia por si mesmo suas coisas? Se andou sobre tapetes macios ou em um chão duro, de cimento? Se era da alta classe ou só um simples cidadão? Se teve 100 milhões guardados, ou vivia com o dinheiro contado?
Fecha Aspas

Li esse texto em um papel que recebi de alguma igreja, então, a "interpretação do texto" é totalmente diferente da que eu fiz. Lá dizia algo sobre sua salvação ou "perdição" sobre ir para o céu ou inferno. Já eu, pensei nos grandes nomes que conheço: Renato Russo, Cazuza e afins. 

Realmente não faria diferença nenhuma se eles tivessem feito uma ou outra coisa daquela lista. O que fez a diferença, e continua fazendo, foi o que eles fizeram ao mundo. Tudo que escreveram, tudo que disseram, tudo que fizeram. Não o que tiveram ou deixaram de ter. Talvez se eles não tivessem metade do que tiveram, eles ainda sim teriam feito essa mesma diferença.

Hoje, não importa o material, o que eles possuíram mas sim o que eles fizeram. Quanto ao céu e ao inferno... Bem, eles eram homossexuais (o Cazuza eu não tenho certeza), usavam drogas, e assim como muitos outros que até hoje são lembrados, (Kurt, Jhon, etc, etc, etc) não eram as pessoas mais "certinhas" aos olhos da sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)