3 de jan de 2011

Para a beleza: A Felicidade



Nos dias de hoje, é comum olharmos na passarela e ver modelos magras, de cabelo liso, loiro, ou enfim, todas em um padrão. E é ainda mais comum, querermos ser como elas. Mas nem para todas as pessoas isso é possível. É claro, que para conseguirmos chegar perto delas, existem clinicas de cirurgia e mil e uma coisas que torna isso quase possível.
É nessa hora que paramos e olhamos em nossa volta. Pessoas tão diferentes – e belas – querendos ser todas iguais? Onde o mundo vai dar stop? Vai saber...
Não vemos mais pessoas contentes com o que tem, elas sempre querem mudar alguma coisa no quesito aparência.
Eu não vou mentir. Há um tempo já quis mudar algo, que nem lembro mais o que era, em mim.Mas logo depois desisti. Olhei em volta, e conheci pessoas, que não me chamaram muita atenção na aparencia, e, no fim, eu as achei as mais belas do mundo. Parei e as conheci do jeito que elas realmente eram. Por dentro. Em seus pensamentos. Era mágico. E em momentos que eu estava mal comigo mesma, foram elas que me fizeram pensar na minha capacidade, na minha beleza. Me fizeram entender, que há beleza para todos s gostos, e beleza para todos os amores.
O tempo passou, e, infelizmente tive que me distanciar dessas pessoas, me distanciar das pessoas que realmente me faziam felizes. Fiquei triste, mas com o legado que elas me deixaram, aquele da beleza para todos os gostos e tal. Ah, não posso esquecer a minha promessa: eu prometi a mim mesma e a essas pessoas, passar a tal frase à frente. Para fazer auto estimas realmente altas. Se é que me entendem.
O tempo passou, e conheci algumas pessoas, que novamente pela aparencia me chamaram atenção, eram umas mais bonitas que as outras, e, sinceramente: amei a oportunidade de conhecer cada uma.
Bom, o fim? Acabei trocando as “posições” no meu “pódium de beleza”. As pessoas que não me chamavam tanto a atenção, foram se tornando as mais belas. E as que eu considerava lindas, sem querer foram se distanciando. Até que tive que aprender a sobreviver sem elas...
E então, eu vi e entendi: que nem sempre as pessoas com melhor aparencia são aquelas que vão lhe fazer sentir bem. Que para algo dar certo, você não pode só pensar na sua beleza. Além da beleza, é importante ter conteúdo. E ser acima de tudo FELIZES
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?
Comenta e volte sempre que quiser :)